Postura no trabalho: conheça a importância da ergonomia

Compartilhe com os amigos

Postura no trabalho: conheça a importância da ergonomia

Conheça mais sobre a postura no trabalho e sua importância para as empresas

Sabemos que a postura no trabalho é um tema importante, já que engloba não só os colaboradores das empresas; mas, também, os empregadores.

A atenção à postura no trabalho, assim como os problemas que a envolvem, deve fazer parte do dia a dia de quaisquer empresas no mercado profissional. Um dos motivos é que a ergonomia é uma Lei – NR17, por isso os empregadores precisam estar sempre atentos.

Mas, antes de falarmos dos problemas de má postura, dos benefícios, dos serviços que visam cuidar da saúde dos colaboradores e da NR-17, precisamos entender melhor o que é ergonomia.

Afinal, o que é ergonomia?

Baseando-se em definições oficiais, a ergonomia consiste em um:

Ciência que estuda a interação entre seres humanos e máquinas de maneira abrangente.

O principal objetivo da ergonomia é adaptar os elementos do ambiente de trabalho ao ser humano com o objetivo de gerar o bem-estar do trabalhador e consequentemente aumentar a sua produtividade.

Portanto, podemos afirmar que a ergonomia é a área que deve compreender a relação entre colaborador e trabalho, de modo a elaborar medidas que visam cuidar da saúde e bem-estar.

Qual a relação da ergonomia com a postura no trabalho?

A ergonomia é a área que visa cuidar da saúde e bem-estar no ambiente laboral. A postura no trabalho é justamente uma das vertentes que englobam a ergonomia.

Por exemplo: os problemas de má postura representam, claro, danos à saúde dos colaboradores. Portanto, a ergonomia prevista na Norma Regulamentadora 17 é quem regularizará as condições de trabalho, criando medidas preventivas e corretivas.

Por que é importante investir em postura no trabalho

Uma boa postura no trabalho é importante devido a vários fatores, como adequação à Norma Regulamentadora 17, melhora na produtividade dos colaboradores e diminuição no absenteísmo das empresas.

A má postura acarreta enormes “dores de cabeça” aos empregadores, como processos judiciais devido aos danos à saúde no ambiente de trabalho.

Adequação à Norma Regulamentadora 17

A NR-17 é uma obrigatoriedade imposta pelo Ministério do Trabalho. Por isso, qualquer empresa que tenha demanda e não elaborar medidas que visam à adequação à ergonomia está sujeita a multas.

Postura no trabalho: conheça a importância da ergonomiaA NR-17 estabelece uma série de parâmetros que abordam diversos segmentos. Por isso, separamos algumas das obrigatoriedades mais comuns relacionadas à postura no trabalho:

17.3.1. Sempre que o trabalho puder ser executado na posição sentada, o posto de trabalho deve ser planejado ou adaptado para esta posição. (117.006-6 / I1)

17.3.2. Para trabalho manual sentado ou que tenha de ser feito em pé, as bancadas, mesas, escrivaninhas e os painéis devem proporcionar ao trabalhador condições de boa postura, visualização e operação e devem atender aos seguintes requisitos mínimos:

a) ter altura e características da superfície de trabalho compatíveis com o tipo de atividade, com a distância requerida dos olhos ao campo de trabalho e com a altura do assento;(117.007-4/I2)

b) ter área de trabalho de fácil alcance e visualização pelo trabalhador; (117.008-2 / I2)

c) ter características dimensionais que possibilitem posicionamento e movimentação adequados dos segmentos corporais. (117.009-0 / I2)

Lembrando que essas são apenas alguns itens relacionadas à postura no trabalho dentro da NR-17.

Melhora na produtividade

Dentre os principais motivos para começar a investir em postura no trabalho podemos citar a melhora na produtividade como um dos benefícios mais sintomáticos no dia a dia de trabalho.

Uma equipe de colaboradores sem problemas de postura no trabalho não terá que conviver com dores constantes.

Logo, a tendência é que se sintam mais confortáveis para exercer suas funções de forma mais tranquila.

Para qualquer empresa, ter uma equipe motivada é um dos principais segredos para o sucesso profissional.

Diminuição no absenteísmo

O absenteísmo consiste no número de ausência de colaboradores no dia a dia de trabalho.

Um grupo de doenças ocupacionais (aquelas que surgem devido a rotina de trabalho) mais comuns estão relacionados à má postura.

Então, a má postura gera, eventualmente, afastamento de colaboradores.

É aí que entra, então, a ergonomia voltada à postura. Através de métodos corretivos e preventivos os problemas de má postura serão praticamente eliminados.

Com isso, o absenteísmo na empresa diminuirá, o que ajuda a manter os cronogramas e produção em dia, sem atrasos desagradáveis.

O que pode acontecer se eu não investir em postura no trabalho?

Um dos prejuízos mais temidos pelos empregadores é o processo judicial.

Um colaborador que tenha sua saúde colocada em risco devido à ausência de estratégias voltadas a postura no ambiente de trabalho poderá entrar com uma ação na esfera judicial.

Postura no trabalho: conheça a importância da ergonomiaClaro, se esse mesmo colaborador, que entrou com um processo, adquiriu um problema relacionado à má postura, muito provavelmente é porque a empresa não se adequou à NR-17.

Além de ter que se resolver com o colaborador, agora, o assunto é, também, com o Ministério do Trabalho.

Percebe como os problemas começam a formar uma bola de neve?

E não para por aí. O trabalhador que entra com um processo judicial devido os problemas osteomusculares contraídos no ambiente laboral ficará ausente na rotina da empresa.

Logo, pode haver atrasos e diminuição na produção. Para qualquer empresa, esse é um problema e tanto.

Medidas para melhorar a postura no trabalho

Existem alguns métodos alternativos eficientes que visam estimular uma postura certa e saudável no ambiente de trabalho.

Dentro os melhores, destacam-se dois: a ginástica laboral e a blitz postural.

Blitz postural

A blitz postural é o serviço com ação mais sintomática, já que sua metodologia está focada em melhorar a postura dos colaboradores diretamente.

A orientação postural consiste em transmitir informações por meio da conscientização.

Essa orientação visa adaptar os postos de trabalho dos colaboradores às suas características.

Algumas medidas têm foco na adequação do arranjo físico, como ajuste e uso adequado do mobiliário.

A ideia é sempre a conscientização como a melhor forma de prevenção de patologias oriundas do ambiente de trabalho.

Ginástica Laboral

A ginástica laboral é o serviço mais focado em exercícios no ambiente de trabalho. A ideia é fazer com que todos façam alongamentos/fortalecimentos periódicos, a fim de quebrar a rotina desgastante do trabalho.

Os exercícios ajudam a melhorar a qualidade de vida no trabalho, estimulam os colaboradores e deixam o clima na empresa muito mais agradável.

Além disso, os exercícios auxiliam no combate aos problemas de má postura. Não à toa, cada vez mais empresas são adeptas da ginástica laboral.

Aproveite e leia nosso artigo sobre problemas de postura no trabalho.

Postura no trabalho: conheça a importância da ergonomia

Facebook Comments

Compartilhe com os amigos

Um comentário em “Postura no trabalho: conheça a importância da ergonomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *